Polos Desenvolvimento Humano

Projeto que visa articular políticas públicas de forma a direcionar e concentrar ações governamentais em espaços urbanos de alta desinclusão e vunerabilidade social, transformando-os em pólos difusores de desenvolvimento humano.

Quem pode solicitar?

Critérios para implantação são o elevado índice de indicadores criminais numa região ou território -polos geradores de criminalidade-  e a predisposição local para execução do projeto. Desejável ainda uma organização social comunitária já estabelecida.

Público-alvo

Público Alvo  - Jovens de 15 a 29 anos, vítimas de violência e pessoas em situação de vulnerabilidade em áreas de elevado risco social.

 

Estratégia

Estratégia é a colaboração entre os órgãos da administração para resultar em ações integradas entre estado e municípios com seletividade e precisão na execução dos projetos, prevendo a articulação entre as forças de segurança e a sociedade civil, favorecendo lideranças locais, articulação e reconhecimento social e fomento à segurança comunitária.

Municípios-piloto

Pólos Difusores de Desenvolvimento Humano estão pactuados em Goiânia, Jataí, Cidade Ocidental, Senador Canedo e Trindade.